In: Dicas de contabilidade

A primeira edição do Exame de Qualificação Técnica para Perito Contábil, realizada no dia 25 de agosto deste ano, aprovou mais de 150 profissionais que estão aptos a atuar como peritos contábeis.

 

Para exercer a atividade de perito e fazer parte do Cadastro Nacional de Peritos Contábeis (CNPC), o contador aprovado no exame precisa preencher as informações cadastrais e curriculares para consulta pública. De acordo com o vice-presidente de Registro, Marco Aurélio, “é importante salientar que o profissional só fará parte do cadastro após a inclusão dos dados pessoais no requerimento on-line”. Atualmente há, no CNPC, mais de 4.400 peritos cadastrados.

 

No requerimento on-line, o profissional aprovado no Exame deve completar os dados curriculares, atualizar contatos, indicar as áreas de especialidade e informar a localidade em que atuará nos trabalhos periciais. “É muito importante que o contador faça essa atualização de dados, visto que o CNPC está disponível para as consultas via web, e seu cadastro poderá ser identificado por qualquer interessado em selecionar, contratar ou nomear como perito”, avisa a conselheira do CFC, Sandra Batista.

 

Nessa primeira edição do Exame para peritos, foram exigidos dos candidatos entre outros conhecimentos, as “Normas Brasileiras de Contabilidade e suas Interpretações técnicas, editadas pelo CFC”, “Normas profissionais e técnica”, “NBC TG – Geral – Normas Completas” e “Constituição Federal, Legislação Civil, Processual Civil”.

De acordo com a conselheira Sandra, “a primeira edição do Exame foi uma experiência interessante e que, após o encerramento, concluiu-se que o certame, aplicado pelo CFC, alcançou o objetivo esperado e de forma exitosa, considerando o número de candidatos que fizeram o exame”.

 

O primeiro exame contou com 133 aprovados. Com a anulação da questão 50, sobre a ITG 2002 (R1), foram aprovados mais 18, e após análise do recurso em 1ª instância das questões dissertativas, mais um aprovado, totalizando 152 contadores aprovados no exame. “Pelo resultado final, pode-se observar que uma das maiores dificuldades dos candidatos foi a prova dissertativa, que exigiu raciocínio lógico, coerência, domínio de texto, de conteúdo e conhecimento da norma de perícia (metodologia e objeto da perícia)”, afirma Sandra.

 

Segundo a Vice-Presidência de Registro do CFC, ainda faltam 64 contadores aprovados no exame preencherem o requerimento on-line para que possam fazer parte do CNPC. “Uma correspondência, via e-mail, foi encaminhada para esses contadores aprovados no Exame, informando sobre a importância e a necessidade do preenchimento online.”, ressalta o vice-presidente de Registro, Marco Aurélio.

 

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected]<mailto:[email protected]> ou pelos telefones (61) 3314-9415 e 3314-9650.

 

Fonte: CFC