In: Dicas de contabilidade

Os pequenos e médios empresários brasileiros estão menos otimistas neste terceiro trimestre. A confiança desse grupo recuou 3,09%, de 70,65 pontos para 68,46 pontos, na comparação com o levantamento que contemplava o período de abril a junho.

A queda no Índice de Confiança dos Pequenos e Médios Negócios (IC-PMN), medido pelo Centro de Estudos em Negócios do Insper e pelo banco Santander, marca uma interrupção da melhora do ambiente de negócios observada ao longo deste ano. A confiança melhorou no primeiro e segundo trimestres.

O recuo pode ser explicado pela manifestação de maio dos caminhoneiros, que prejudicou todos os setores da economia, e pela incerteza com o quadro eleitoral.

“Antes do episódio da greve dos caminhoneiros, já havia um ambiente de menor otimismo”, afirma o professor do Insper responsável pela pesquisa, Gino Olivares. “Com o episódio dos caminhoneiros, houve uma piora do cenário e os analistas revisaram para baixo as estimativas de crescimento.”

Fonte: G1